2º Ano Bodes Estradeiros - São Xico (16 e 17 Abril 2011)

19-04-2011 00:21

 

 

Mais fotos no Facebook: http://www.facebook.com/media/set/fbx/?set=a.1583977694185.67868.1678026663 

 

 

Palavra de nosso Coordenador:

 

Irmãos Estradeiros
Sinto-me honrado em estar Coordenador deste seleto grupo de Motociclistas Maçons, Regulares,
que compõe o Moto Grupo Bodes Estradeiros.
Sinto-me honrado em participar das Sessões da Loja Itinerante Bodes Estradeiros.
E, assim como me sinto, entendo que este sentimento é vivenciado por toda Família Estradeira.
Tivemos um encontro maravilhoso, alegre, fraterno, como sempre tem sido nossos encontros.
Acredito, já comentei uma vez, que isto se deva a estarmos em um estado,
digamos, desarmados, livres de amarras.
Levamos em nossas bagagens, o que temos de melhor.
E o que temos de melhor, dividimos uns com os outros.
Às vezes isto causa até estranheza. Poderia dizer que não estamos mais acostumados com isto.
Como pode haver tanta alegria, tanta despretensão, tanto equilíbrio, tanto “estar à vontade”,
em eventos elaborados na mais completa simplicidade?
A coordenação escolhe alguns hotéis, as cunhadas ornamentam o salão, o grupo comparece independente do tempo,
e tudo transcorre de maneira mágica, bonita, sincronizada.
Penso, é o amor que nos une.
Amor a Maçonaria, a Loja Itinerante, as nossas convicções.
E assim como penso, percebo que mais irmãos são tocados por nossa forma de ser.
Da Sessão da Loja itinerante, dos presentes, quem não se emocionou?
Por duas vezes sequei meus olhos, emocionado. Foram poucas palavras, mas tantas verdades.
Agradeço a todos que compareceram e festejaram nosso segundo aniversário
juntamente com o da cunhada Isabel, da Dagui e do  mano Rafael.
A especial presença do mano Alex e familiares, vindos do Balneário Camboriú, SC,
com tantas boas notícias. Obrigado Alex, voltem sempre.
Nossos convidados, sempre especiais, obrigado.
Cunhadas, obrigado.
Abaixo segue link de algumas fotos, onde se podem ver algumas com parte do tempo de muita garoa, chuva,
e destemidos motociclistas, bem como motoristas.
Assim são os Estradeiros.
Mais uma vez, obrigado a Família Estradeira.
Fraternalmente
Pandolfo